segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios de Revisão

Revisão/Ex 5: resolução


P - FN = m.v2/R => 1,6.104 - 8,0.103 = 1,6.103.(20)2/R => R = 80 m

Resposta: 80 m

Clique aqui para voltar ao Blog

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios de Revisão

Revisão/Ex 4: resolução
 
FN - P = m.v2/R => FN - 70.10 = 70.(144/3,6)2/40 => FN = 3500 N

Resposta: c

Clique aqui para voltar ao Blog

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios de Revisão

Revisão/Ex 3: resolução

acp = v2/R => 0,05.10 = (216/3,6)2/R => R = 7200 m = 7,2 km

Resposta: a

Clique aqui para voltar ao Blog

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios de Revisão

Revisão/Ex 2: resolução

As forças que agem no piloto são: seu peso P e a força normal. Esta última é a força que o assento exerce no piloto. No ponto mais baixo da trajetória a força resultante deve apontar para o centro e portanto deve ser vertical e para cima. Logo, a força normal tem intensidade maior do que o peso do piloto.

Resposta: b


Clique aqui para voltar ao Blog

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios de Revisão

Revisão/Ex 1: resolução

Nos trechos curvos a resultante deve apontar para o centro.A
Logo: P > NA, NB > P e NC = P
Portanto:
NB > NC > NA.

Resposta: b 


Clique aqui para voltar ao Blog 

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios básicos
Exercício 5: resolução

As forças que agem na pedra nas posições mais baixa e mais alta estão indicadas abaixo:


T2 + P = m.(v2)2/R => 7,6+50.10-3.10 = 50.10-3.(v2)2/0,5 => v2 = 9 m/s
 

Resposta: 9 m/s

Clique aqui para voltar ao Blog

Cursos do Blog - Mecânica

27ª aula
Forças em trajetórias curvilíneas

Borges e Nicolau

Exercícios básicos
Exercício 4: resolução

As forças que agem na pedra nas posições mais baixa e mais alta estão indicadas abaixo:


T1 – P = m.(v1)2/R => T1 – 50.10-3.10 = 50.10-3.(11)2/0,5 => T1 = 12,6 N

Resposta: 12,6 N


Clique aqui para voltar ao Blog